segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Torta Salgada de Palmito



Ingredientes

2 colheres de (sopa) de chia
6 colheres de (sopa) de água
1 xícara de farinha de trigo
1 xícara de farinha de milho amarela (flocos triturados)
1 colher de (sopa) de fermento
1 colher (chá) rasa de sal
¼ de xícara de óleo
1 1/2  xícara de água (aproximadamente)

Recheio de palmito

Ingredientes

1 frasco de palmito (fervido por 10 minutos)
1 cebola grade picada
1 colher de óleo
temperos a gosto ( pimenta, paprica, orégãos, etc.)
3 tomates pequenos sem sementes picados
½ xícara de salsa picada
1 cenoura picada
milho (opcional)
½ xícara de azeitonas verdes picadas

Modo de fazer o recheio

Refogar a cebola, depois acrescente os tomates, cenoura e deixe até  ficar macia, junte os temperos e o palmito.  Deixe refogar por aproximadamente uns 3 minutos, desligue e acrescente as azeitonas picadas e a salsa.

Deixe arrefecer para usar na torta.

Modo de fazer a massa

Misture a chia com a água e deixe hidratando por aproximadamente 10 minutos. Reserve.
Misture os secos e depois ir acrescentando, óleo, água e chia hidratada, a massa deverá ficar cremosa.
Misture a metade do recheio na massa delicadamente.

Coloque numa assadeira untada e leve ao forno 160 graus.

Dica: a outra metade do recheio, você poderá usar para rechear panquecas ou misturar numa massa.
Se usar o recheio todo na massa ela fica pesada.




in nacasadama.blogspot.com.br

Pataniscas de Legumes (Vegan)

Receitas Vegetarianas Fáceis


para 4 pessoas

INGREDIENTES:
1 couve-flor
1 pé de brócolos
1 cebola média
1 raminho de salsa
70 gr de farinha
250 ml de bebida de soja
sal e pimenta q.b.

PREPARAÇÃO:
Lave e corte os legumes em pedaços pequenos e ferva em água e sal num tacho durante 3 minutos.
Num recipiente coloque a cebola picada, a salsa, a farinha, a bebida de soja e misture tudo muito bem. Tempere com sal e pimenta e junte-lhe os legumes, envolva bem e com uma colher grande (concha) retire porções de massa e verta para uma frigideira com óleo bem quente e frite de ambos os lados.
Depois das pataniscas estarem fritas coloque-as numa travessa forrada com papel absorvente. Bom apetite!

domingo, 27 de dezembro de 2015

Crackers (Bolachas) de Grão de Bico e Linhaça




Ingredientes

2 xícaras de farinha de grão de bico
1 colher (sopa) de azeite
colheres (sopa) de linhaça
6 colheres (sopa) de água morna
1 colher (chá rasa) de sal

Modo de fazer

Misture a linhaça com a água e deixe hidratando por aproximadamente 5 minutos.

Coloque a farinha e o sal numa tigela, misture, acrescente o azeite e a linhaça já hidratada.
Amasse bem, enrole com um plástico e deixe repousar por 30 minutos.

Abra a massa bem fininha  (eu usei a maquina de macarrão começando na espessura  n. 0 e fui afinando até a espessura n. 4 e  para não grudar a massa na máquina polvilhei com a  farinha de grão de bico) .

Corte a massa em quadradinhos,   coloque numa assadeira (não precisa untar)  e leve para assar no forno (pré aquecido) 150 graus por 5 a 6 minutos.

Retire do forno, deixe arrefecer bem numa grade e depois guarde em frascos de vidro para conservar a crocância.

Dica: Fique de olho no tempo de assar porque eles queimam rápido.
 
 
in http://nacasadama.blogspot.com.br/

quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Receita de Bolo de LIMÃO sem Ovos



INGREDIENTES

  • 3 xicaras de farinha de trigo comum
  • 2 xicara de açúcar cristal ou demerara
  • 3/4 xicara de óleo vegetal
  • 2 colheres de café de bicarbonato de sódio
  • 4 colheres de chá de fermento em pó
  • 1 colher de sopa de extrato de baunilha
  • 1 1/2 colher de sopa de vinagre branco
  • 1 1/4 xicara de leite vegetal
  • caldo de 1 limão
  • raspas de 1 limão
  • 1 pitada de sal
     
     
     
    PREPARO
    Misture os ingredientes secos e adicione o vinagre e a essência de baunilha. Amorne um pouquinho o leite vegetal. Eu usei leite de amêndoas, mas pode ser qualquer um de sua preferência porque não vai interferir no sabor. Caso você não tenha leite vegetal, use agua levemente amornada que fica bom igual. Eu já fiz varias receitas de bolo usando apenas agua ao invés do leite vegetal, e sempre fica muito bom.
    Acrescente aos poucos o leite alternando com o óleo. Misture bem até formar uma massa homogénea. Acrescente então as raspas e o sumo do limão. Esta massa não necessita uso de batedeira. Não precisa bater muito, apenas o suficiente para agregar bem os ingredientes e formar uma massa homogénea, mais pastosa do que liquida. Unte uma forma tipo de pudim com buraco no meio ou no formato que você preferir e leve ao forno pré-aquecido para assar por mais ou menos 40 minutos ou ate que esteja douradinho. Faça o teste do palito para ver se a massa esta bem assada.
     
     
    in http://blog.veganana.com.br

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Broas de Batata Doce

INGREDIENTES:

1 Kg de batata doce
35 g de manteiga
200 g de açúcar de coco
1 Colher de chá de erva doce
1 Colher de chá de canela
1 Ovo
3 Gemas de ovo
250 g de farinha de coco
250g de farinha de arroz integral

PREPARAÇÃO:
Coza as batatas doces com casca e reduza-as a puré. 
Misture os restantes ingredientes. 
Deixe a massa repousar por 4 horas. Molde as broas. 
Pincele-as com gema de ovo e leve a forno aquecido 200 graus
por 15 minutos.



in amorbio.pt


domingo, 13 de dezembro de 2015

Benefícios de Beber Água Morna com Limão

 

 

1. Ajuda na digestão

O suco de limão ajuda a eliminar os materiais indesejados e as toxinas do corpo. Devido à sua composição atômica ser similar a saliva e ao ácido clorídrico dos sucos digestivos, estimula o fígado a produzir a bile, ácido que é requerido na digestão.
Os limões também são ricos em minerais e vitaminas que ajudam a eliminar as toxinas do trato digestivo. As qualidades digestivas do suco de limão ajudam a aliviar os sintomas de indigestão, como o ardor no estômago, os arrotos e a distensão abdominal.
A American Cancer Society recomenda água quente com limão para os pacientes com câncer, pois ajuda a estimular os movimentos intestinais.

2. Diurético e purificador

O sumo de limão ajuda a eliminar os materiais indesejados, em parte, porque aumentam a quantidade de vezes que urinamos. Por isso, ao tomar suco de limão, as toxinas são liberadas em um ritmo mais rápido, ajudando a manter a saúde do trato urinário. O ácido cítrico ajuda a maximizar a função da enzima que estimula o fígado e ajuda na desintoxicação.

3. Estimula o sistema imunológico

Graças à vitamina C, o limão é um grande aliado no fortalecimento do sistema imune.
Ricos em vitamina C, o limão é ideal na luta contra os resfriados. São ricos também em potássio, que estimula o cérebro, a função nervosa e controla a pressão arterial.
O ácido ascórbico (vitamina C) encontrado nos limões possui efeitos anti-inflamatórios e é utilizado como apoio complementar para a asma e outros sintomas respiratórios, além de melhorar a absorção de ferro no organismo. O ferro é uma peça fundamental na função imune.
Os limões também contêm saponinas, que apresentam propriedades antimicrobianas e ajudam a reduzir a quantidade de catarro produzido pelo corpo.

4. Equilibra os níveis de pH

Os limões são um dos alimentos mais alcalinos para o corpo. Claro que são ácidos, porém dentro de nossos corpos são alcalinos (o ácido cítrico não cria acidez no corpo quando metabolizado).
Eles contêm tanto ácido cítrico como ácido ascórbico, ácidos fracos que são facilmente metabolizados no corpo, permitindo que o conteúdo mineral presente ajude a alcalinizar o sangue.
Beber água com limão com regularidade pode ajudar a eliminar a acidez total do corpo, incluindo o ácido úrico nas articulações, que é uma das principais causas de dor e inflamação.

5. Limpa a pele


Além de limpar o rosto, o suco de limão também é muito bom para limpar as mãos e para a pele oleosa.
O componente da vitamina C, assim como outros antioxidantes, ajuda a reduzir as rugas e as manchas e ajuda a combater os radicais livres. A vitamina C é vital para apresentarmos uma pele saudável e radiante, já que sua natureza alcalina mata alguns tipos de bactérias conhecidas por causar a acne.
Na realidade, a vitamina C pode ser aplicada diretamente nas cicatrizes ou manchas de idade para ajudar a reduzir sua visibilidade. A água com limão elimina as toxinas do sangue. A vitamina C, contida no limão, rejuvenesce a pele.

6. Água com Limão Energética e melhora o humor

A energia que um ser humano recebe dos alimentos provém dos átomos e moléculas dos alimentos. Quando os íons carregados positivamente (dos alimentos) entram no trato digestivo e interagem com as enzimas carregadas negativamente produzem uma reação.
O limão é um dos poucos alimentos que contêm íons com carga mais negativa, proporcionando ao nosso corpo mais energia quando entra no trato digestivo.
O aroma do limão também tem propriedades energéticas e melhora o humor. O aroma do suco de limão pode melhorar o humor e ajuda a desocupar a mente. O limão também pode ajudar a reduzir a ansiedade e a depressão.

7. Água com Limão Promove a cura das feridas 

O ácido ascórbico (vitamina C), encontrado nos limões, promove a cura das feridas e é um nutriente essencial na manutenção da saúde dos ossos, tecido conjuntivo e cartilagens.
Como foi dito anteriormente, a vitamina C também mostra propriedades anti-inflamatórias, ou seja, um nutriente essencial para a manutenção de uma boa saúde e na recuperação do stresse e de lesões.

8. Refresca o hálito

O limão, a menta e o iogurte são grandes aliados para eliminar o mau hálito.
Além de hálito mais fresco, os limões ajudam a aliviar a dor de dente e a gengivite. Mas lembre-se, o ácido cítrico pode corroer o esmalte dental, o melhor a se fazer é escovar os dentes antes de beber água com limão ou esperar uma quantidade significativa de tempo para escovar os dentes depois de tomar a água. Além disso, podemos enxaguar a boca com água purificada depois de bebermos a água com limão.

9. Hidrata o sistema linfático

A água morna com limão ajuda o sistema imune mediante a hidratação e a reposição dos fluídos perdidos pelo corpo.
Quando nosso corpo se vê privado de água, podemos sentir efeitos secundários que incluem: cansaço, lentidão, redução da função imune, prisão de ventre, falta de energia, pressão arterial baixa, insônia etc.

10. Ajuda na perda de peso


As propriedades do limão para perder peso são muito conhecidas e apreciadas. O limão é um excelente desintoxicante e anti-inflamatório, além de conter grandes quantidades de vitamina C, que apresenta propriedades antioxidantes.

O limão é rico em fibra pectina, que ajuda a moderar os desejos exagerados de comer. Os estudos demonstram que as pessoas que mantêm uma dieta mais alcalina tendem a perder peso mais rapidamente.

in melhorcomsaude.com


NOTA: Não se deve comer frutas ácidas com hidratos de carbono

domingo, 22 de novembro de 2015

Bolinhos de batata e cenoura assados no forno




INGREDIENTES

  • 3 batatas grandes cozidas
  • 6 cenouras pequenas cozidas
  • 1 cebola grande picada
  • 2 colheres de sopa de salsinha picada
  • sal e pimenta do reino a gosto
  • 2 colheres de óleo vegetal 
PREPARO 


Use a proporção que você preferir de batata e cenoura. Eu tinha umas cenourinhas bem pequenas e resolvi aproveitar todas para a receita. O bom desta receita é que não tem quantidades exatas, e você pode facilmente conseguir o ponto da massa dos bolinhos apenas com as batatas cozidas e amassadas e as cenouras se utilizar. O resto é tempero. A cebola frita faz uma grande diferença nesta receita. O tempero fica por sua conta. Inspire-se e faça os bolinhos bem como você gosta. 


Descasque as batatas. Se as cenouras forem orgânicas não precisa descascar. Eu cozinhei as cenouras com a casca.


Coloque as batatas e cenouras em uma panela e cubra com água. tempere com sal, tampe e deixe cozinhar. Não deixe cozinhar muito, as batatas não devem ficar desmanchadas como para purê, mas devem ficar inteiras e mais firmes para que a massa dos bolinhos possa ser modelada.




Pique a cebola bem fininha. Aqueça o óleo em uma frigideira coloque a cebola picada para fritar temperando com um pouco de sal.





Deixe a cebola fritar até ficar bem dourada. Se quiser pode acrescentar ervas ou condimentos do seu agrado como páprica, orégano, etc.


Remova as batatas e cenouras da panela, coloque em um escorredor e deixe escorrer bem a água. Isto é muito importante para que a massa dos bolinhos fique bem firme e não aguada. Depois que a água escorrer bem coloque as batatas e cenouras em um prato fundo e amasse com um esmagador de batatas ou com um garfo. Não use o processador e muito menos o liquidificador.




Amasse grosseiramente deixando pequenos pedaços inteiros. Isto vai ajudar muito a encorpar e dar forma aos bolinhos.



Adicione a cebola frita, verifique o tempero, acrescente o que achar necessário. Adicione a salsinha picada e se quiser pode usar cebolinha verde ou outra erva fresca que gostar. A massa fica firme e fácil de modelar. Se a sua massa não ficar firme assim, adicione um pouco de farinha até dar o ponto. Se o fizer não esqueça de ajustar o tempero.





Modele os bolinhos em formato de croquete e leve a uma forma previamente untada com óleo. Se quiser pode usar papel vegetal (manteiga).





Leve os bolinhos para assar em forno pré aquecido a 180C por mais ou menos 30 minutos ou até que fiquem dourados. Sirva como acompanhamento ou como refeição principal acompanhado de salada e pastinha como eu fiz.
in vegana

sábado, 21 de novembro de 2015

Bolo de Maçã e Nozes


Ingredientes:

4 ovos
300 g de farinha de trigo + 2 colheres de sopa para polvilhar a maçã e as nozes
1 colher de sobremesa de fermento Royal
180 g de açúcar amarelo (se gostarem de bolos para o doce adicionem mais um pouco)
1 colher de sopa rasa de canela em pó
4 maçãs pequenas
1 mão-cheia de miolo de noz
150 ml de óleo de girassol
creme vegetal (margarina) para untar a forma


Método:

Ligue o forno dos 180ºC e unte uma forma de chaminé com creme vegetal (margarina).

Descasque as maçãs.
Coloque as cascas dentro de um liquidificador juntamente com o açúcar, os ovos, o óleo e a canela. Prima o botão até obter uma mistura homogénea. Junte o fermento e volte a bater alguns segundos.
À parte coloque a farinha dentro de um recipiente. Misture aos poucos o preparado liquido à farinha, mexendo sempre com uma colher de pau por exemplo. Corte as maçãs em pedacinhos, passe-as por farinha, tal como as nozes e envolva na massa.
Verta para dentro da forma untada e leve ao forno cerca de 25 minutos, dependendo dos fornos. Fique atento não convêm deixar secar muito, um bolo com um miolo ressequido perde toda a graça.
Espere que arrefeça para desenformar. Coloque num prato de servir e se gostar polvilhe com açúcar e canela.

in cozinhadaduxa.blogspot.pt



Bolo Vegan de Frutas sem Glúten nem Açúcar Adicionado!


INGREDIENTES


  • 500 g de frutas secas (ou 2 xícaras e meia)
  • xícara de suco de laranja natural
  • xícara de farinha sem glúten, pode ser arroz ou outra
  • 1/2 colher de sopa de fermento em pó 


PREPARO

Para esta receita eu usei figo turco, passas de uva, tâmaras e pêssegos. Você pode escolher as frutas de sua preferência, desde que mantenha a quantidade indicada na receita. Corte as frutas em pedaços grandes e coloque o suco de laranja para hidratar. Deixe descansando por alguns minutos apenas para hidratar as frutas com o suco. Acrescente a farinha e o fermento e misture bem para agregar bem os ingredientes. 


Unte uma assadeira retangular ou do formato que você preferir e coloque a massa para assar em forno pré-aquecido na temperatura de 180C por mais ou menos 45 minutos em fogo baixo ou até que esteja dourado.

Espere arrefecer para cortar. Fica maravilhoso. O doce das frutas secas e do suco de laranja são mais do que suficientes para fazer deste bolo uma delicia de receita saudável e com um lindo visual.   



in veganana.com.br 

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Tofu à Gomes de Sá



para 4 pessoas:

INGREDIENTES:
  • 500 gr. tofu
  • 1 kg batatas com pele
  • 2 cebolas médias
  • 50 ml de molho de soja
  • 4 dentes alho
  • azeitonas pretas q.b.
  • azeite q.b.
  • salsa q.b.
  • sal q.b.
PREPARAÇÃO:
Corte o tofu em quadrados pequenos e coloque num recipiente com o molho de soja. Deixe marinar cerca de 30 minutos. Leve o tofu ao forno pré-aquecido a 180º até ficar dourado. Entretanto numa panela coza as batatas com pele em água temperada de sal. Assim que estiverem cozidas deixe arrefecer e retire a pele. Corte as batatas em rodelas e reserve.
Corte a cebola em meias luas e refogue juntamente com os alhos picados e um bom fio de azeite. Assim que a cebola estiver macia e translúcida junte o tofu e depois as batatas. Envolva bem, junte as azeitonas e polvilhe com salsa picada. Bom apetite!
in receitas-tradicionais-portuguesas-veganas.pt/products

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Como Fazer um "Danoninho" Vegan!






Danoninho caseiro, sem bichinhos sem corante, sem conservantes, sem acidulantes, natural.
1 xícara de chá de tofu picado
2 xícaras de morango congelado
1/2 limão
Mel a gosto
Bater o tofu e o morango congelado no liquidificador ou multi processador.
Adicione o limão e mel a gosto.
Coloque na geladeira para adquirir a consistência desejada.
Pode ser colocado em formas de sorvete e levados ao congelador, adicione pedaços de morango se preferir.
É possível comer sobremesa saudável, bom proveito!


por Dr.Ricardo Vargas

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Hamburguer de MILLET (milho painço)

Ingredientes

1 xícara de painço
1/2 xícara de arroz integral cozido
2 colheres (sopa) de azeite
2 colheres (sopa) de água
1 colher (sopa) de farinha de trigo
1 cebola média picada
2 dentes de alho picados
1 pitada de pimenta-do-reino
salsinha e cebolinha à gosto

Preparo

Deixe o painço de molho em água por 8 horas. Escorra, lave, e leve para cozinhar com 4 xícaras de água até que a água tenha evaporado (cerca de 30 mins). Bata no processador ou liquidificador com os demais ingredientes – não é necessário processar muito.  Forme os hamburguers com as mãos e doure em uma frigideira ou chapa untada, ou asse.


in veggietal.com.br

domingo, 18 de outubro de 2015

Pão simples ou com chouriço (...de soja, claro! :) )


Ingredientes:
1 kg de farinha sem fermento
1 saqueta de fermipan, ou outro fermento padeiro do mesmo tipo
600 ml de água ( mais ao menos, depende das farinhas, umas absorvem  mais do que outras)
Sal q.b.


Modo de preparação:
Num alguidar grande deita-se a farinha, e mistura-se com o sal, a seguir junta-se o fermento, mistura-se.
Aquece-se a água, não a ferver,  mas entre morna e quente, abre-se uma cavidade no centro da farinha e despeja-se a água. Com as pontas dos dedos, mistura-se a farinha com a água, fica grudenta parecendo com grumos, não faz mal é mesmo assim, passa-se a mão em volta das paredes do alguidar e envolve-se para dentro a farinha, se se vir que está ainda um pouco seca, vai-se pondo mais água morna, a massa fica com um aspecto húmido e peganhento mas é mesmo assim, Esta operação da mistura,( nada de amassar..) demora uns 8 minutos, dependendo do jeito. 


Depois de misturada , tapa-se a massa com um pano limpo, e por cima outro pano forte que "abafe" bem o alguidar e deixa-se levedar 1 hora. 


Liga-se então o forno a cerca de 180ºC, para ir aquecendo. 


Polvilha-se um tabuleiro com farinha, e com as mãos enfarinhadas, passam-se em volta das paredes do alguidar para descolar a massa, retiram-se porções de massa e vão-se formando bolas ( se quiser pode colocar chourição, chouriço, fiambre, o que quiser) e vão-se colocando no tabuleiro, voltam-se a tapar com o pano e deixam-se levedar mais 30 minutos. 


Depois vão ao forno por cerca de 25 a 30  minutos, convém verificar.







in receitasdapiteca.blogspot.pt

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Pão de Fermentação Lenta com Sementes



Programe o seu pão com antecedência. O ideal é deixar a noite toda fermentando e assar de manhã, ou então prepare a massa de manhã e deixe para assar quando voltar para casa. Siga as instruções abaixo e prepare o seu pãozinho delicioso, nutritivo e saudável, e saiba mais sobre o processo de fermentação lenta na descrição da receita. Vale a pena experimentar, mesmo se você não tem experiência em fazer pães, pode ter certeza que este dá super certo, e se tiver alguma dúvida pode escrever que eu ajudo.  

IMPORTANTE! O pão de fermentação lenta NÃO deve ser colocado na maquina de pão nunca! É uma massa que tem que ser manuseada com cuidado e delicadeza para manter as lindas bolhas que se formam durante a fermentação e que vão fazer com que o pão fique macio, leve, gostoso e cheio de furinhos.


INGREDIENTES
  • 2 xícaras de farinha de trigo branca
  • 2 xícaras de farinha de trigo integral
  • 1 1/2 colheres de chá de sal
  • 1 colher de chá de fermento biológico para pão
  • 2 xícaras de água na temperatura ambiente



PREPARO

Em uma vasilha de louça ou vidro coloque os ingredientes secos e misture rapidamente. Adicione a água aos poucos e misture bem até hidratar os ingredientes secos e obter uma massa uniforme.
Não é necessário bater, você apenas vai misturar os ingredientes e quando estiver homogêneo está pronto. Use uma espátula para facilitar o trabalho de misturar os ingredientes.



Empurre a espátula nos cantos da vasilha e mova a massa para ter certeza de que não ficou farinha seca no fundo. A massa nesta fase inicial é pesada, e não deve ser manipulada demais, não bata, não sove, apenas misture até obter uma massa uniforme e hidratada.




Cubra a vasilha com um filme plástico (película aderente) e deixe descansar em um lugar protegido na cozinha. Deixe a massa descansar por pelo menos 8 horas para levedar aos poucos. Neste período o fermento vai agir e tornar a massa leve e aerada, cheia de bolhas lindas. 



Passado o tempo de fermentação lenta, a massa está pronta, cresceu muito e está leve e cheia de ar, você vai notar que se formam bolhas na superfície. A consistência da massa é bem mole, não se assuste porque é assim mesmo. Veja como fica a massa depois de levedada na imagem abaixo.



Prepare tudo o que você vai precisar para modelar o pão. Em uma superfície lisa ajeite o espaço onde você vai modelar a massa. Enfarinhe bem. Eu geralmente uso uma tábua de madeira porque a minha mesa é de pedra e não dá para trabalhar massa em cima porque é em formato de azulejos. Deixe a farinha bem à mão porque você vai precisar. Unte a forma que vai colocar os pãezinhos. prepare as sementes se for utilizar. Deixe tudo pronto antes de tirar a massa do prato.

Eu usei sementes de gergelim branco e preto misturados com semente de papoila, nutritional yeast e sal do himalaia. Coloquei esta mistura em um pratinho fundo para passar na superfície dos pães. Use as sementes que você tiver em casa, pode ser chia, linhaça, ou o que você preferir.




Quando estiver com tudo pronto, enfarinhe a superfície que vai trabalhar e despeje a massa com o auxílio de uma espátula para remover bem. A massa é mole mesmo e você vai adicionar farinha nos cantos e dobrar delicadamente com a ajuda da espátula para formar uma espécie de bola. Adicione farinha quando for necessário e siga neste processo até conseguir "controlar" a massa. ão se preocupe com a quantidade de farinha que vai ser necessário colocar a mais na massa, isto não vai alterar o resultado.


Pronto, a bolinha está formada, a forma untada e enfarinhada e as sementes no pratinho para usar. Corte a massa em pedaços do tamanho que desejar e com as mãos enfarinhadas segure uma parte da massa passando a outra na mistura das sementes com a parte lisa da massa para que grude bem. Ou seja você enfarinha a mão, pega a massa e vira dentro do pratinho formando a bolinha dentro do mesmo e pressionando levemente para que as sementes grudem.


Infelizmente eu estava sozinha quando fiz os pães e tentei fazer foto deste momento. Coloquei a massa mole no prato com as sementes e depois dobrei os cantos formando uma bolinha. Ao colocar a massa em cima das sementes, as mesmas grudaram na parte de cima. Eu dobrei e formei a bolinha com as mãos enfarinhadas e coloquei direto na forma untada e enfarinhada também e ajeitei os cantinhos modelando melhor a bolinha depois de estar na forma.


Não se preocupe em fazer o pão de tamanho e formato regular e perfeito. A massa vai crescer novamente e crescendo as bolinhas ficam parelhas e bonitinhas.


Fiz 9 pães de tamanho médio. Nesta imagem você pode ver os pães prontos para crescer novamente. Eu coloquei dentro do forno elétrico desligado e deixei crescer até dobrar de volume o que foi mais ou menos 40 minutos. Este tempo pode variar dependendo da temperatura ambiente. O importante é os pães dobrarem de volume.


Os pães cresceram e dobraram de volume e estão prontos para assar. Ligue o forno em temperatura de 220C e deixe pré-aquecer. Asse por mais ou menos 30 minutos ou até que estejam dourados.


Retire do forno e coloque em uma grade para arrefecer.


Pronto, sirva os pãezinhos como preferir.



VANTAGENS DA FERMENTAÇÃO LENTA

Descobri a maravilha de fazer pão com fermentação lenta, e estou testando receitas diferentes, e adorando os resultados tanto pela facilidade de preparo como pela delicia de fazer pão saudável em casa. Quem quiser saber mais informações sobre as vantagens da fermentação lenta e saber tudo sobre pães, visite o blog Hortas orgânicas e alimentação saudável . Foi lá que eu me inspirei para fazer pães deliciosos e muito saudáveis.

O texto abaixo pertence ao site Esmeralda azul , e faz um resumo muito bom e simples de entender sobre a fermentação lenta.

"Durante as diversas horas ocorre a fermentação, permitindo que este pão tenha características que nenhum pão feito em poucos minutos pode conseguir: 
- Há a produção de álcool, ácido acético e ácido láctico que permitem a incorporação de ar na massa e que conferem sabor característico; 
- Parte do glúten existente é decomposto devido às condições que se geram por causa da fermentação lenta;
- O ácido fítico dos cereais integrais é neutralizado permitindo uma melhor absorção de minerais;
- A acidez gerada permite que as enzimas estejam mais ativas o que faz com o que o pão se aguente mais tempo fofo. Para fazer pães sem glúten esta característica pode fazer toda a diferença."

in http://blog.veganana.com.br/

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Bolachas de Amêndoa, sem Açúcar


INGREDIENTES


  • xícaras de resíduo (parte solida) de leite de amêndoas  ou outro leite vegetal
  • 1/4 xicara de óleo de coco ou creme vegetal
  • 1/2 xicara de semente de linhaça moída.
  • 1 xicara de amêndoas fatiadas
  • 1/2 xicara de farinha de aveia
  • 6  unidades de damascos demolhados por uns 15 min.
  • 6 unidades de tâmaras demolhadas por uns 15 min.
  • 1/4 xicara de amêndoas fatiadas para finalizar



PREPARO



Comece preparando as frutas secas. Em um recipiente de vidro coloque os damascos, cubra com agua e reserve. Faça a mesma coisa com as tâmaras. Deixe que as frutas secas hidratem enquanto prepara o restante dos ingredientes. Você já deverá ter o resíduo do leite de amêndoas pronto para começar esta receita. Veja a receita do leite de amêndoas a seguir.

Em uma vasilha misture o resíduo  do leite com o óleo de coco e a linhaça. Misture bem linhaça. Leve a xícara de amêndoas fatiadas ao processador e processe até obter uma farinha grossa. Acrescente esta farinha aos outros ingredientes e misture bem. Adicione a farinha de aveia.

Leve os damascos e as tâmaras que já foram previamente demolhados por uns 15 minutos mais ou menos (sem o liquido) ao processador.  Não processe muito, deixe que fiquem pequenos pedaços. Misture aos outros ingredientes. Por ultimo misture a metade das amêndoas fatiadas, deixando uma parte para colocar em cima dos cookies depois de modelados. Modele os cookies e coloque as fatias de amêndoas pressionando levemente com o dedo para que fiquem firmes entre a massa. Forre uma forma com papel vegetal e disponha os cookies. Leve ao forno médio pré-aquecido por mais ou menos uns 20 minutos.


in blog.veganana.com.br

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Bolinhos de Arroz (Vegan)


Ingredientes

1 xícara de arroz cozido (branco ou integral, tanto faz)
3 colheres (sopa) cheias de farinha de trigo
1 colher (sopa) amido de milho (ou fécula de batata, ou polvilho)
1 colher (chá) rasa de fermento em pó
Sal, pimenta-do-reino e cebola a gosto
Cheiro-verde a gosto (mais salsinha)
Água
Óleo (para fritar)

Preparo


Coloque no processador todos os ingredientes (alternativamente, utilize o liquidificador ou amasse o arroz na mão antes de colocar os outros ingredientes. Caso não queira que o bolinho fique verde, não coloque o cheiro-verde nessa etapa). Misture até que os grãos quebrem e comecem a formar uma massa. Misture todos os ingredientes. Adicione água até a massa poder ser puxada com a colher e pingar fácil (igual bolinho de arroz comum), mas mantendo o formato por alguns segundos. Aqueça o óleo a 180ºC (ponto de fritura, o suficiente para cobrir totalmente os bolinhos), passe a colher seca no óleo e vá formando os bolinhos. Frite até dourar, retirando com uma escumadeira e escorrendo em papel absorvente.
Dicas

- Caso prefira assar, deixe os bolinhos mais duros colocando menos água e formando quenelles com duas colheres, colocando em forma untada antiaderente e depois regando com um pouco de óleo. Asse em forno quente pré aquecido até dourar.
- Se desejar, você pode adicionar pedacinhos de castanhas, tofu defumado, vegetais ralados (desde que não soltem muita água), algas, condimentos ou outro complemento desejado.

Nota - Bolinho de arroz é uma receita clássica, brasileira e uma das mais simples para reaproveitar arroz pronto. O modo de fazer tradicional leva ovos a pretexto de “dar liga” mas – além de espumar na hora de fritar, absorver mais óleo do que nessa versão e toda a questão da exploração animal envolvida – é simplesmente mais fácil e económico fazer da forma mostrada. 


in vegvida.com.br

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Folhadinhos de Batata Doce e Amêndoa no forno



Ingredientes 
1 Batata Doce grande
75 gramas de miolo de Amêndoa
200 gramas de Açúcar amarelo
1 dl de Água
1 colher de café de Canela
Raspa de meio Limão
Canela para polvilhar
6 quadrados de Massa Folhada fresca


Preparação:

Descasque a batata doce, corte-a em pedaços pequenos e coza-a num tacho com água. Depois de cozida, escorra bem a batata e reduza-a a puré com o passe vite.

Num tacho pequeno, misture 1 dl de água com o açúcar e leve ao lume a ferver aproximadamente 5 minutos.

Junte o puré de batata doce e o miolo de amêndoa e leve de novo ao lume, mexendo sempre até ver bem o fundo do tacho (ponto de estrada).

Retire do lume, junte a canela e a raspa de limão e mexa bem. Deixe arrefecer.

Entretanto, forre um tabuleiro de ir ao forno com papel vegetal e estenda os 6 quadrados de massa folhada.

Coloque duas colheres de sopa de recheio em cada um, e dobre-os em triângulo, pressionando as pontas com os dedos para fechar.

Leve ao forno pré-aquecido a 200 graus cerca de 15 minutos, ou até ficarem dourados.

Retire os folhados do forno para uma travessa e polvilhe-os com canela, enquanto ainda estão quentes.

Deixe arrefecer, e estão prontos a servir!



in acozinhaverde.blogspot.pt

Batatas Rosadas com Oregãos


Ingredientes

1 kg de batatas
4 dentes de alho picados
Quanto baste de azeite
Sal, colorau e orégano a gosto

Preparo

Cozinhe as batatas ligeiramente (10-15 minutos) com a casca. Depois de cozidas, descasque a corte-as em rodelas. Coloque-as numa frigideira com azeite e alho picado. Deixe fritar polvilhando-as com sal e colorau. Vire-as para fritar do outro lado e volte a polvilhar com sal e colorau. Cuide para não queimar o alho, deixando-os apenas dourar. Retire cuidadosamente as batatas da frigideira e coloque numa travessa. Regue com o azeite que as fritou e polvilhe abundantemente com orégano.
 
in deliciasecompanhia.blogspot.com

Tofu Grelhado com Esparguete de Milho



INGREDIENTES

TOFU
- 250g Tofu
- Azeite, a gosto
- Pimentão (colorau), a gosto
- Sal grosso, a gosto
- Alho em pó, a gosto
- Pimenta preta, a gosto
 

ESPARGUETE DE MILHO
- 250g Esparguete de milho
- Água, a gosto
- Óleo de noz, a gosto
- Pimenta caiena, a gosto
- Pimenta rosa, a gosto
- Oregãos, a gosto


COMO FAZER

TOFU
Passe o tofu por água corrente e corte em fatias finas, reserve.
Num recipiente largo o suficiente, faça uma marinada com azeite, pimentão, alho em pó e sal (a marinada tem de ficar mais líquida do que espessa)
Passe as fatias de tofu pela marinada e coloque-as num outro recipiente, tempere com pimenta moída no momento. Faça o mesmo às outras fatias de tofu.
Coloque as fatias de tofu no grelhador e deixe grelhar de um lado e depois do outro.
No final pincele com o resto da marinada (se precisar faça mais um pouco).





ESPARGUETE DE MILHO
Numa panela coloque a água e sal; e leve a ferver.
Quando começar a ferver baixe a temperatura e coloque o esparguete. Afunde-o bem na água e quando estiver todo bem afundado mexa um pouco para o soltar completamente.
Deixe cozer durante 8 minutos e escorra a água* com um passador.
Passe rapidamente por água fria corrente de forma a que fique todo solto.
Tempere com óleo de noz e envolva bem para que não fique colado.
Pode ainda temperar com pimenta caiena, pimenta rosa e oregãos.

Sugestão
*A água de cozer alimentos pode ser aproveitada como água para fazer sopas, fica enriquecida com os nutrientes deixados pelos outros alimentos. Pode verter a água para um recipiente e utilizado no momento para uma sopa ou congelar a água para a utilizar noutro dia.

Por Carina Barbosa

Almôndegas de Tofu (Veganas)



Ingredientes

1 xícara de tofu
1 tomate sem pele e sem sementes
1 cebola pequena ralada
2 colheres (sopa) de salsa picadinha
1 colher (sopa) de maionese de soja
Sal a gosto
Sementes de sésamo

Preparo

Rale o tomate ou corte-o em pedacinhos pequenos. Triture o tofu. Misture todos os ingredientes e faça pequenas almôndegas. Passe-as por sementes de sésamo. Sirva-as com uma salada a seu gosto.
 
in www.saudelar.com

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Quiche ou Tarte de Vegetais Vegan (Sem Ovos)



Para massa:
150g de farinha integral
50g de farinha tipo 65
75g de azeite
50ml de água
1 Colher de café de flor de sal

 Misture os ingredientes sólidos. Junte o azeite derretido e misturar tudo com as pontas dos dedos. Por fim adicione água até à consistência de massa. Rectifique com água ou farinha caso seja necessário. Leve ao frigorífico durante meia hora dentro de um saco de plástico. Pré-aqueça o forno a 180ºC. Retire a massa do frigorífico e role a massa e divida em 12 porções, coloque-as numa forma de tarteletes (ou cupcakes). Fure a massa com um garfo e leve ao forno durante 8-10 minutos ou até a massa estar cozida.

Para o recheio:
2 Cebolas grandes
2 Dentes de alho
300g de cogumelos frescos
2 Cenouras raladas
Sal q.b.
Azeite q.b.
1 Embalagem de tofu “silken” (mais rijo)
1 Colher de chá de açafrão em pó
1 Colher de chá de salsa

Numa frigideira coloque as cebolas cortadas em rodelas, os dentes de alho, os cogumelos, as cenouras, o azeite e o sal e deixe murchar. No liquidificador coloque o tofu com o açafrão e a salsa, misture tudo. Junte esta mistura ao conteúdo da frigideira e envolva tudo.
Por fim, retire as tarteletes do forno e coloque o recheio. Leve novamente ao forno até ganhar cor.


in greenntasty.com

Os Benefícios das Sementes de Chia



As Sementes de chia são nativas da América do Sul e têm sido a base de dietas maias e azetecas durante séculos.

Hoje, elas despertam o interesse de muitas pessoas pelos seus benefícios para a saúde e pelos usos na culinária. Acontece que as sementes de chia são uma rica fonte de nutrientes e antioxidantes.

Omega-3 os ácidos graxos

As Sementes de chia são ricas em gorduras poliinsaturadas, especialmente em ácidos graxos ômega-3. O Perfil lipídico das sementes de chia é composto por 60 por cento de ômega-3, tornando-se uma das mais ricas fontes de origem vegetal destes ácidos graxos – especificamente, de ácido alfa-linolênico, ou ALA. O ômega-3 nas sementes de chia pode ajudar a reduzir a inflamação, melhorar o desempenho cognitivo e reduzir o colesterol alto.

Fibra

A Fibra está associada com a redução da inflamação, redução do colesterol e regulação da função intestinal. As Sementes de chia são uma excelente fonte de fibras. 2 colheres de sopa representa um terço da dose diária recomendada de fibras por dia.

Antioxidantes

As Sementes de chia são ricas em antioxidantes que ajudam a proteger o corpo contra os radicais livres, envelhecimento e câncer. O perfil antioxidante da chia também as ajuda a ter uma vida útil longa. Elas duram quase dois anos sem refrigeração.

Minerais
Duas colheres de sopa de sementes de chia contêm:
- 18 por cento do DRI de cálcio
- 35 por cento de fósforo
- 24 por cento de magnésio
- cerca de 50% de manganês.

Estes nutrientes ajudam a prevenir a hipertensão e manter um peso saudável, e são importantes para o metabolismo energético e uma parte da síntese de DNA.

Saciedade

A combinação de proteínas, fibra e a ação de gelificação das sementes de chia, quando misturadas com líquidos contribuem para os seus efeitos de saciedade.

Sem glúten

As Sementes de chia não contêm glúten. Portanto, todos os benefícios nutricionais de sementes de chia podem ser obtidos com uma dieta isenta de glúten.

Substitui os ovos

A camada externa das sementes chia incha quando misturada com líquidos para formar um gel. Isto pode ser usado no lugar de ovos para baixar o colesterol e aumentar o teor de nutrientes dos alimentos.

Para fazer a substituição de ovos: misture 1 colher de sopa de sementes de chia com 3 colheres de sopa de água e deixe descansar por 15 minutos.

Pode ser digerida integralmente.
Ao contrário de linhaça, que também é rica em ômega-3, fibras e minerais, as sementes de chia não precisam ser moídas para a obtenção de seus benefícios nutricionais.

Dislipidemia

Um estudo publicado no “British Journal of Nutrition” mostrou que as sementes de chia usadas como uma fonte de gordura na dieta pode diminuir os níveis de triglicerídeos e de colesterol, aumentando o HDL ou o “bom” colesterol.

Regulamento de açúcar no sangue

As sementes de Chia podem desempenhar um papel importante na regulação dos níveis de insulina. Elas podem reduzir a resistência à insulina e diminuir os níveis anormalmente elevados de insulina no sangue.


in "Revista Alcalinize-se"
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...